Página Inicial

Próximo Eventos

15

OUT

Festas a Nª Srª dos Altos-Céus e S. Mamede

Largo dos Altos Céus, Anta, Espinho - 8:0h

25-26

NOV

IV Concurso de Bandas Filarmónicas de Braga - 2017

Braga, Auditório Vita

Ver o calendário

Login

Username

Password

Concerto Viagens

Professores

Bruno Pereira

Bruno Pereira
Bruno Pereira

Nasceu na freguesia de Rio Mau em 1978. Iniciou o seu percurso académico na Escola Profissional de Música de Espinho e prosseguiu na Universidade de Aveiro. Como trompetista foi executante na Orquestra de Sopros e Orquestra da Escola Profissional de Música de Espinho, Orquestra de Sopros da Universidade de Aveiro, Orquestra Brácara Augusta, Orquestra de Metais 2004. Como convidado frequentou os 2.º, 3.º e 4.º Estágios da Orquestra de Sopros da Federação Transmontano-Duriense de Bandas Filarmónicas, tendo-se destacado no 3.º Estágio como chefe de naipe, coordenador dos metais e instrumentista solista e no 4.º Estágio como chefe de naipe solista e coordenador dos metais. Em dezembro de 2001 foi admitido como Primeiro Reforço da Orquestra Filarmonia das Beiras, tendo participado em diversos concertos.

Frequenta atualmente o Mestrado em Música, com o professor Jorge Almeida.

Participou em diversos Masterclass com vários trompetistas de renome nacional e internacional, entre os quais John Aig, Fernando Ribeiro, Kevin Wauldron, Jorge Almeida, Allen Vizzuti, Fred Mills, Hedley  Bensson,  Philip Smith.

Em 2009, participou no 1º Curso de Direção de Orquestra de Sopros, que decorreu na Covilhã com o Maestro Rafa Agullo-Albors e prossegue os seus estudos em Direção com o renomeado professor/maestro José Ricardo Freitas.

Com um percurso artístico desde sempre associado às bandas filarmónicas, em setembro de 2009 assume a direção artística da Banda da Sociedade Musical Boa União.

Em setembro de 2010 assumiu a disciplina de trompete na escola de música da Banda Musical de São Tiago de Silvalde.

 

 

César Filipe Gomes dos Santos

César Santos
César Santos

Natural de Rio Mau Penafiel, nasceu no ano 1982. Iniciou os estudos musicais aos quinze anos na Academia da Associação da Banda Musical de Rio Mau, com o Professor Luís Monteiro na área de instrumento e formação musical com o professor Jorge Sousa.

Em 1998 ingressou na Banda Musical de Rio Mau, onde passados quatro anos assume a chefia do naipe de trombones.

Em 1999 ingressou no Conservatório Musica do Porto com o Professor Fernando Batista mais tarde com o Professor Joaquim Oliveira onde concluiu o curso em 2008 com a média Final de quinze valores.

No ano letivo de 2005/2006 participou na categoria A do concurso Conservatório de Música do Porto obtendo o 2º Lugar.

De Janeiro de 2002 até 2006 exerceu funções de diretor pedagógico na Academia de Musica da Banda Musical Rio Mau. Frequentou na Academia Musical do Grupo Coral de Esmoriz no ano lectivo 2005/2006, 2006/2008 um curso de aperfeiçoamento musical e música de câmara com o trompetista e professor Bruno Pereira. Em 2008 ingressou no Curso de Música (ensino de) trombone na Universidade de Aveiro na classe do professor Jarret Butler.

Em outubro de 2009, abraçou um projeto na Sociedade da Banda Boa União de Ovar exercendo funções como professor e maestro assessor a convite do Maestro Bruno Pereira. Frequentei vários masterclasses de trombone, nomeadamente Jarret Butler, Severo Martinez, Kiril Ribarsky, Eduardo Nogeroles, Jon Etterbeek, Kevin Hakes, Nuno Martins entre outros. Integrou vários projetos musicais, destacando-se Orquestra Clássica de Coimbra, Orquestra de Câmara do Minho, Banda Sinfónica Portuguesa, Orquestra Sinfónica Conservatório Música Porto, Orquestra de Metais do Porto, Orquestra da F.T.D.B.F, Brass band do Conservatório de Fornos, Grupo de jazz do Conservatório de Música do Porto, Orquestra de Sopros do DeCA, Coro da Universidade de Aveiro, Orquestra Filarmonia das Beiras. Trabalhou com os maestros: Cónego Ferreira dos Santos, António Costa, Toby Hoffman, Kamen Golaminov, Tenente Coronel Jacinto Montezo, Francisco Ferreira, José Ricardo, Paulino Garcia, Kevin Wauldron, Ernst Schell , Paulo Martins ,Luís Carvalho, António José Vassalo Neves Lourenço, Bruno Pereira. É membro fundador do "Symphonik Quintet". Em Julho de 2009 participou no Masterclass de direção orquestra de sopros (Maestro Rafa Agulló-Albors). Exerce a actividade de docente nas disciplinas de trombone, formação musical e música de camera na Academia de Musica da Banda Musical Rio Mau desde 2002 até 2009.

Atualmente exerce atividade de docente na Academia de Musical do Grupo Coral de Esmoriz, Escola de Musica da tuna S. Paio de Oleiros, na Academia da Tuna de Argoncilhe, Academia musical Artemsons, Escola de Música da Banda Musical S. Tiago de Silvalde, na escola de música na Sociedade da Banda Boa União e aulas particulares. Exerce também funções de Docente de Atividades Extra-Curriculares de Ovar.

 

 

Filipe Fonseca

Músico, Professor e Maestro, realizou dezenas de concertos por Portugal, Europa (Espanha, Itália, Holanda, Bélgica) e Venezuela.

Vencedor de vários prémios internacionais.

Encontra-se a terminar o Mestrado em Interpretação Artística na ESMAE. (ver mais)

 

 

Joana Vieira

Joana Vieira
Joana Vieira

Iniciou os seus estudos em clarinete no ano de 2002, na Academia de Música de Castelo de Paiva, na classe do Professor Vítor Pereira. No ano letivo de 2007/2008 entrou na Escola Profissional de Música de Espinho, onde prosseguiu os seus estudos na classe do professor Vitor Pereira.

Trabalhou com professores como Cândida Oliveira, Vicente Alberola, António Saiote, João Moreira, Iva Barbosa, José Eduardo, Ricardo Alves, Valdemar Rodriguéz, Juan Ferrer, Astereo Leiva, Christo Barrios, Dominique Vidal, Michael Arrignon, Enrique Pérez Piquer, Nicholas Carpenter, Michael Arrignon, Carlos Alves e David Krakaeur.

Ganhou o primeiro prémio na categoria D das olimpíadas da AMCP.

No ano letivo de 2008/2009, participou no curso de clarinete com o professor António Saiote, na "Escuela Internacional de Música de la Fundación Príncipe de Asturias" e no Congresso Mundial de Clarinetes, realizado em Portugal, onde teve a oportunidade de tocar para David Krakaeur (solista internacional).

No ano letivo de 2009/2010, participou num Festival de Música na "Academy of Musicalta", situado na Alsácia – França, onde trabalhou com António Saiote. Ainda no mesmo ano teve a oportunidade de tocar com a Orquestra de Sopros Ibero-Americana, e onde cantou uma obra a solo, de seu nome "Rubicon".

Integrou vários agrupamentos orquestrais como a Orquestra Clássica de Espinho, Orquestra Nacional dos Templários, Orquestra de Sopros da ESMAE, Orquestra Sinfónica da ESMAE, Orquestra de Sopros de Argoncilhe e Orquestra de Jovens do Concelho de Águeda (onde foi concertina) onde teve a oportunidade de trabalhar sob a direção de maestros como Cesário Costa, António Saiote, Pedro Neves, Jean Marc Burfin, Alberto Roque, Paulo Martins, Octavio Mas Aroucas, José Carreras, Manuel Nunes e Luís Carvalho.

Paralelamente ao clarinete, fez um curso de canto com a professora Luísa Barriga na Academia de Música de Castelo de Paiva e participou no Projeto da Casa da Música, no ano letivo de 2006/2007, com o coro "Christ Church" onde trabalhou com Jaime Mota, Rui Taveira e Borges Coelho. No ano letivo de 2010/2011 integrou um Coro, "Capella Duriensis", que gravou recentemente para a Antena 2. Faz parte da Categoria D do Coro da Casa da Música.

No ano letivo de 2010/2011, ingressou no Curso de Música – Variante de Instrumentista de Sopro (Clarinete), na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo (ESMAE) do IPP, na classe do professor António Saiote, onde, atualmente, prossegue os seus estudos.

 

 

José Pedro Gonçalinho

Jaime Resende
José Pedro Gonçalinho

José Pedro Sousa Gonçalinho Oliveira, nasceu a 18/05/1993, natural do Porto, iniciou os seus estudos musicais em Saxofone aos 7 anos na Academia de Musica Costa Cabral, na classe do Professor Francisco Ferreira, tendo acabado o 8º grau com a nota de 20 valores.

Em 2011 ingressa na Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo do Porto no curso de Saxofone, na classe dos professores Henk Van Twillert, Gilberto Bernardes e Fernando Ramos.

Frequentou Master Classes com: Vicent David, Quarteto de Saxofones do Porto, Jean-Yves Fourmeau, Henk van Twillert, Carlos Amarelinho, Roberto Bénitez, Jean Marie Londeix, Arno Bornkamp, Alfonso Padilla, Ties Mellema, Andreas van Zoelen, entre outros.

Ganhou vários prémios em concursos nacionais e internacionais:

  • 1º prémio no I Concurso Internacional Vítor Santos (Julho 2005);
  • 1º prémio das II/III/IV Olimpíadas Musicais, categoria A, da Academia de Musica Costa Cabral (Maio 2008/Abril 2009/Maio 2010);
  • 1º prémio no II Concurso Nacional de Sopros "Terras de La-Salette", na categoria juvenil (Abril 2009);
  • 1º prémio no 11º Concurso Internazionale di Musica per Giovani Interpreti, Città di Chieri como solista (Categoria A) e em música de câmara, com o Ensemble Ventos do Mar (Outubro 2011).

Com o Ensemble Vento do Norte (grupo de Saxofones da ESMAE) actuou inúmeras vezes tanto em território Nacional como no estrangeiro (Itália, Holanda). Neste 2º país apresentou-se também no Concertgebouw, numa gravação feita para uma rádio holandesa.

Tocou a solo com a orquestra de professores da Academia de Musica de Costa Cabral e com a Orquestra de Sopros e Percussão de Rio Mau.

Participou em diversos eventos realizados na casa da música no dia Mundial da Música (2007/2008/2013), foi convidado para tocar na Alfândega do Porto no dia Internacional dos Museus (Maio 2009), esteve presente no V Estágio da Banda Sinfónica da Covilhã (Julho 2009), no I e II Estágio de Orquestra de Sopros e Percussão de Rio Mau (Agosto 2011/ Agosto 2012), no Iº Estágio Nacional de Orquestra de Sopros Paróquia de Silvalde (Abril 2013).

 

 

Francisca Tadeu

Jaime Resende
Francisca Tadeu

Nasceu a 5 de abril de 1995, no Porto.

Iniciou os seus estudos musicais em 2003, na Escola de Música de Gulpilhares, tendo tido como professor de instrumento (flauta transversal) Franklin Moreira.

Aos dez anos de idade, ingressou na Academia de Música de Vilar do Paraíso, onde estudou na classe do professor Joaquim Pereira. Em 2011 vence o concurso interno da AMVP, Concurso Helena Sá e Costa, criado para premiar os melhores alunos da mesma escola. Em 2013 conclui o Curso Complementar Articulado de Música, tendo sido distinguida pelo seu aproveitamento.

Tocou diversas vezes, em ensemble e a solo, no Auditório de Gaia, Cine-Teatro Eduardo Brazão, Casa Museu Teixeira Lopes, Casa Barbot (Casa da Cultura de Gaia), Coliseu do Porto, Europarque e na Sala Suggia (Casa da Música), no âmbito das comemorações do dia mundial da música (edições 2011, 2012 e 2013).

Participou em master classes com os professores Nuno Inácio, Jorge Correia e num workshop com Matthias Ziegler. Participou também no Iº Estágio Nacional de Orquestra de Sopros da Paróquia de Silvalde.

Atualmente, frequenta o 1º ano do Curso de Flauta Transversal na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo (ESMAE), na classe da professora Ana Raquel Lima.

 

 

Marco Duarte

Marco Duarte
Marco Duarte

Nasceu a 4 de fevereiro de 1996, em Vila Nova de Gaia.

Iniciou os seus estudos musicais em guitarra no ano de 2003 no Centro Recreativo de Mafamude, em Vila Nova de Gaia. Termina os seus estudos nessa mesma escola em 2005 e renicia em 2007 os seus estudos na escola Fermusica, como instrumento bateria. Em 2009 entra na Academia de Música de Vilar do Paraíso, no ramo de percussão, fazendo parte do Grupo de Percussão "GP­AMVP", na classe do professor Luis Oliveira. Em 2014 conclui o Curso Complementar Articulado de Música, tendo sido distinguido pelo seu aproveitamento. Participou em 2014, no concurso Helena Sá e Costa da Academia de Música de Vilar do Paraíso, sendo premiado com uma menção honrosa.

Anualmente atua no Festival de percussão "Tomarimbando", na cidade de Tomar, participando em inumeras masterclassses com os professores, Nebojsa Zivkovic, Kuniko Kato, Carlos Stasi e Luiz Guello, Manuel Rangel, Miquel Bernat, Nuno Aroso, Bogdan Bacanu, entre outros.

Tocou diversas vezes, em grupo e a solo, no Auditório de Gaia, Cine­Teatro Eduardo Brazão, Casa Museu Teixeira Lopes, Casa Barbot (Casa da Cultura de Gaia), Coliseu do Porto, Europarque, Feira Medieval de Santa Maria da Feira e na Sala Suggia (Casa da Música), no âmbito das comemorações do dia mundial da música (edições 2011, 2012). Participou também no Io Estágio Nacional de Orquestra de Sopros Paróquia de Silvalde em 2013 e no Estágio da Orquestra de Sopros do Conservátorio de Vila Real em 2013.